Projeto “Antigas Músicas Goianas” chega a Goiás e Piracanjuba

Duo Martins-Botelho se apresenta gratuitamente nas duas cidades nos dias 9 e 14 de novembro

Martha Martins (piano) e Marcos Botelho (trombonista). Foto: Fernanda Botelho/Divulgação

Após passagens por Goiânia, Jaraguá, Guapó e Corumbá, o projeto “Antigas Músicas Goianas” desembarca agora na Cidade de Goiás e em Piracanjuba. Os recitais com o Duo Martins-Botelho ocorrem nos dias 9 e 14 de novembro, respectivamente, com entrada franca.

Na Cidade de Goiás, o palco do evento é o Palácio Conde dos Arcos, nesta sexta-feira (9), a partir das 20 horas. Em Piracanjuba, o recital está marcado para a próxima quarta-feira (14), na Faculdade de Piracanjuba (FAP), às 20h30.

O projeto “Antigas Músicas Goianas” busca resgatar e divulgar o repertório composto entre a segunda metade do Século 19 e a primeira metade do Século 20 nas cidades históricas de Goiás, Pirenópolis, Corumbá, Jaraguá e Goiânia (nos primeiros anos da nova capital).

“Estas músicas estão quase completamente esquecidas, queremos torná-las mais acessíveis por meio de apresentações públicas”, afirma o trombonista Marcos Botelho.

O projeto foi contemplado pela Lei Goyazes e pelo Fundo de Arte e Cultura de Goiás 2016. Tem apoio institucional da Secretaria de Educação, Cultura e Esporte (Seduce) e do Governo de Goiás. A Universidade Federal de Goiás (UFG) e seus departamentos correlacionados – EMAC, PROEC e Centro Cultural UFG – entram como apoiadores. O patrocínio é da Piracanjuba (Laticínios Bela Vista).

Dupla
O Duo Martins-Botelho foi criado em 2014 pelos professores Martha Martins e Marcos Botelho, ambos ligados à Escola de Música e Artes Cênicas (EMAC) da Universidade Federal de Goiás. O objetivo da dupla é pesquisar e divulgar a música brasileira, sobretudo composições originais para a formação Piano-Trombone.

Natural de Goiânia, Martha Martins se graduou em Música (Piano) na UFG, onde foi aluna de Custódia Annunziata de Oliveira. É mestre em Musicologia pelo Conservatório Brasileiro de Música (RJ) e doutoranda em Musicologia na Universidade de Salamanca (Espanha). Além de professora e pesquisadora, desenvolve trabalhos como tecladista, arranjadora e produtora musical.

Marcos Botelho nasceu no Rio de Janeiro. Possui graduação e mestrado em Música (Trombone) pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) e doutorado em Educação Musical pela Federal da Bahia (UFBA). É professor-pesquisador de Trombone e Música de Câmara na UFG. Coordena eventos musicais no Estado, como a Mostra de Música Erudita e o Festival de Trombones.

Serviço:
Projeto Antigas Músicas Goianas com Duo Martins-Botelho
Cidade de Goiás – 9 de novembro de 2018 (sexta-feira), às 20 horas, no Palácio Conde dos Arcos
Piracanjuba – 14 de novembro de 2018 (quarta-feira), às 20h30, na Faculdade de Piracanjuba (FAP)
ENTRADA FRANCA

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.