Professora do Colégio Olimpo tem aula interrompida por mãe que alega fraudes nas urnas eletrônicas, confira vídeo

A aula foi interrompida para que a mãe da aluna alegasse fatos sem provas sobre fraudes no sistema eleitoral brasileiro

Uma professora do Colégio Olimpo, de Goiânia, teve sua aula interrompida pela mãe de uma aluna que apareceu na aula para questionar a forma como a professora falava sobre o sistema eleitoral brasileiro. A mãe, chamada Mônica, afirma que houve fraudes nas urnas eletrônicas e que a professora tinha que falar para os alunos terem os “dois lados da história”.

Durante a discussão, Mônica afirma que “existem várias provas que tiveram fraudes” e cita vídeos em que, supostamente, ao votar em um candidato A a urna eletrônica burlava e confirmava voto para o candidato B. A professora de História do Brasil, tenta argumentar e explicar, mas a mãe não deixa a professora falar.

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE), já provou que vídeos e teorias de fraudes nas urnas eletrônicas são falsos. A discussão veio à tona quando o presidente Bolsonaro começou a espalhar fake news a respeito do sistema eleitoral brasileiro e a defender a volta do voto impresso.

Confira os vídeos da discussão:

Uma resposta para “Professora do Colégio Olimpo tem aula interrompida por mãe que alega fraudes nas urnas eletrônicas, confira vídeo”

  1. Avatar Keila disse:

    Que essa cidadã vá debater sua opiniões com o STE, STJ ei STF. Ela simplesmente invadiu a aula para aparecer e impor sua verdade onde o próprio defenso- mor disse não ter provas de fraudes!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.