Procon notifica supermercados por preços abusivos em Goiânia

Entidade de defesa do consumidor encontrou produtos com valores acima do razoável

Procon fiscaliza supermercados de Goiânia | Foto: Divulgação/ Procon

O Procon de Goiânia notificou supermercados por prática de preços abusivos na manhã desta quinta, 26. A ação visa conter exageros praticados devido à crise provocada pelo pandemia de covid-19, doença causada pelo coronavírus (Sars-Cov-2). Os estabelecimentos visitados ficam nos setores Central e Aeroporto.

Nos estabelecimentos foram encontrados vários produtos com os preços acima da oferta. Em um supermercado, que fica no Setor Aeroporto, os fiscais encontraram o preço do pimentão verde por R$ 15,99.  A batata inglesa também estava com o preço alto, sendo vendida a R$ 6,99, o quilo. No mesmo lugar, o quilo do tomate cereja estava por R$ 19,29.

Já em um supermercado localizado na rua 4, no centro de Goiânia, o leite foi encontrado de R$ 3,99 até R$ 5,99. Na semana passada, o estabelecimento estava vendendo o produto por R$ 2,99 . Os estabelecimentos foram notificados e precisam apresentar, em até 4 horas, a cópia das notas fiscais de aquisição dos produtos para comparação com o valor de venda.

Caso o aumento de preço não seja justificado, os estabelecimentos serão multados por infringir o Código de Defesa do Consumidor (CDC).

As multas variam de R$ 684 a R$ 10 milhões, dependendo da gravidade da infração, reincidência e a condição econômica do lojista.

As equipes continuam nas ruas e a fiscalização não tem prazo para acabar.

Uma resposta para “Procon notifica supermercados por preços abusivos em Goiânia”

  1. Marcos Cardoso disse:

    Parabéns ao PROCON. Tem que ser forte e atuante, como o PROCON de São Paulo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.