Presidente do INSS é demitido por Bolsonaro

Substituto é o secretário de Previdência do Ministério da Economia, Leonardo Rolim

Ex-presidente do INSS, Renato Vieira | Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

O presidente do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), Renato Vieira, foi demitido nesta terça-feira, 28, pelo presidente Jair Bolsonaro. Informações dos bastidores apontam que o presidente estava insatisfeito com a atuação de Vieira durante a crise das filas no instituto. Ele será substituído pelo secretário de Previdência do Ministério da Economia, Leandro Rolim.

A demissão vem em meio a uma crise que deixa mais de 2 milhões de pessoas em espera por liberação de benefícios. Bolsonaro já vinha cobrando mudanças, mas o secretário nacional de Previdência e Trabalho, Rogério Marinho, contornava a situação.

De volta de visita à Índia, como não viu resolução da situação, Bolsonaro pediu a cabeça de Renato Vieira. Logo que estourou a crise das filas por aposentadorias, pensões, licença maternidade e BPCs, o governo afirmou que iria contratar 7 mil militares da reserva para reforçar o atendimento. No entanto, a espera continua.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.