Prefeitura vai deixar de enviar boleto do IPTU pelos Correios

A partir de agora, contribuinte deve emitir guia pela Internet ou buscar no Vapt Vupt. Medida resultará em economia de R$ 416 mil por ano

A Prefeitura de Goiânia anunciou, nesta segunda-feira (8/8), que não enviará mais os boletos de pagamento do Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) pelos Correios. A partir de agosto, os contribuintes deverão pegar a guia de pagamento no site da prefeitura ou retirada na Atende Fácil e nos postos de atendimento da prefeitura no Vapt Vupt.

Pela internet, é preciso acessar o Portal da Prefeitura, clicar em “Serviços”, em “IPTU-ITU/Taxas” e, então, em “Consulta e Emissão de Guia para Pagamento”. O número da inscrição cadastral pode ser encontrado nos boletos dos primeiros seis meses do ano e os demais campos (“Processo”, “Ano”, “Parcela” e “Data para Pagamento”) não precisam ser preenchidos.

“A partir de agora, a prefeitura enviará apenas a primeira notificação de vencimento do IPTU, em fevereiro, em via única, junto com o boleto para quitação do imposto à vista ou para pagamento da primeira parcela. Quem optar pelo parcelamento terá que emitir os outros 10 boletos no site da prefeitura”, explica o secretário de Finanças, Stenio Nascimento.

Segundo Stenio, o novo sistema da Prefeitura é mais eficiente, rápido e econômico. “É uma forma mais sustentável, já que economiza papel; mais cômoda, pois não obriga o contribuinte a sair de casa e pegar filas para realizar o pagamento; e mais eficiente, porque a notificação de quitação da dívida é mais rápida, para saldar o débito tributário com o município”, ressalta.

“Com a facilidade trazida pelos aplicativos bancários para smartphones, os cidadãos nem precisam imprimir o boleto. Basta acessar o site da prefeitura, gerar a guia e digitar no aplicativo o código de barras”, lembrou. De acordo com a Prefeitura de Goiânia, a medida resultará na economia de R$ 416 mil por ano, já que, para imprimir os boletos, a administração municipal tinha gastos com gráfica e Correios.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.