Prefeitura encaminha projeto da Reforma Administrativa à Câmara

Expectativa do prefeito Paulo Garcia é que projeto seja sancionado já na primeira quinzena de abril

O Projeto de Lei  que trata da Reforma Administrativa da Prefeitura de Goiânia foi encaminhado nesta quarta-feira (25/3) para a Câmara de Vereadores e deve ser protocolado ainda na sessão da próxima quinta-feira (26). O prefeito Paulo Garcia (PT) pretende chegar a uma economia de aproximadamente R$ 72 milhões anuais, caso a matéria seja aprovada.

Com a ação, 11 pastas devem ser extintas e uma agência com status de primeiro escalão deve ser criada. Desta forma, o número de secretarias passará de 27 para 17. A matéria também prevê corte no número de cargos e outras diversas medidas para aumentar a eficiência e reduzir as despesas da maquina municipal.

A expectativa é de que o projeto possa ser sancionado pelo prefeito já na primeira quinzena de abril para que as medidas entrem em vigor o mais rápido possível. Conforme a Secretaria Municipal de Finanças, o texto da matéria foi elaborado “após inúmeras reuniões com técnicos da área, aliados e equipes de governo e se justifica pela necessidade de um ajuste que garanta gestão com responsabilidade fiscal.”

Está marcada para a manhã desta quinta-feira uma coletiva de imprensa com o secretário de Finanças Jeovalter Correia. Na ocasião, o titular concederá detalhes do projeto, que já havia sido apresentado em linhas gerais pelo prefeito petista no dia 11 de fevereiro.

Deixe um comentário