Homologação garante cumprimento da data-base de 2020 e 2021, com correção salarial de 9,32% a servidores administrativos e de outras categorias

O prefeito Rogério Cruz (Republicanos) sanciona na tarde desta segunda-feira, 16, na Escola Municipal Itamar Martins Ferreira, no Setor Bela Vista, projetos de lei que concedem reajuste salarial a servidores públicos administrativos e professores da Prefeitura de Goiânia.

Os projetos garantirão que mais de 30 mil servidores tenham suas remunerações reajustadas em 9,32%, percentual referente às datas-bases de 2020 e 2021. Os professores municipais, mediante a sanção dos projetos, terão suas remunerações reajustadas em 15%, percentual concedido em duas etapas: 10,86% retroativo ao mês de abril, e 4,14% a partir de setembro deste ano.

Além disso, a categoria terá aumento de 50% no valor do auxílio locomoção, e 15% na gratificação de regência, destinada aos professores que atuam em sala de aula.

Os servidores administrativos da Educação também serão beneficiados com o pacote. Além do reajuste salarial de 9,32%, a categoria receberá, mensalmente, um vale locomoção no valor de R$ 300.

Rogério Cruz ressalta que a valorização dos servidores públicos é prioridade da gestão. “Benefícios serão pagos de forma retroativa a abril, mês em que os projetos foram enviados à Câmara pela Prefeitura de Goiânia”, destaca.