Prefeito de Goianira é afastado do cargo e tem bens bloqueados pela Justiça

Miller de Assis (PP) e o secretário Belchior Augusto Caetano são acusados de improbidade administrativa

miller-facebook2OK

Prefeito Randel Miller de Assis / Foto: reprodução/ Facebook

Alexandre Parrode e Sarah Teófilo

O prefeito Randel Miller de Assis Santos (PP) e o secretário de Infraestrutura e Transporte, Belchior Augusto Caetano foram afastados do cargo nesta terça-feira (20/3), por 30 dias. A decisão foi da juíza Fláviah Lançoni Costa Pinheiro, que também pediu o bloqueio dos bens de ambos.

Eles são acusados de improbidade administrativa por contrato temporário de prestadores de serviços sem autorização legislativa e realização de processo seletivo simplificado. A juíza considerou que os valores utilizados para pagamento dos servidores causou dano ao erário, uma vez que foram empenhados sem autorização legal.

De acordo com o Ministério Público de Goiás (MPGO), o prefeito encaminhou à Câmara Municipal projeto de lei contendo a previsão de contratação temporária de 60 pessoas para exercerem as funções de gari e 10 para a de motorista.

O projeto foi aprovado, e passou a ser a Lei Municipal nº 1.479, de 2013. Os autos apontam que existem indícios de que meses depois da aprovação da lei, foram realizados contratos temporários sem autorização legislativa.

Além disso, foram constatados vestígios de que houve contratação de servidores para cargos não autorizados pela norma legal, contratos temporários celebrados antes da publicação, vigência do conjunto normativo e ausência do processo seletivo simplificado legalmente exigido. (Com informações do Centro de Comunicação Social do TJGO)

4
Deixe um comentário

3 Comment threads
1 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
4 Comment authors
Licitações

A juíza tinha que olhar as licitações tbem, todas fraudulentas.
Olha também os contratos com a empresa USINTEX, as maquinas contratadas, todas a preço superfaturados e com privilégios, sem contar que as maquinas são do prefeito e o primo é seu laranja

A PROMOTORIA TEM QUE VERIFICAR EM UM TODO , ESSA ADMINISTRAÇÃO E LEVIANA, SEUS SECRETÁRIOS LESA O HERA RIO PUBLICO, O PREFEITO E CONIVENTE E JÁ FALOU QUE SÓ SAI DA PREFEITURA MUITO RICO, E TODOS SABEM QUE SEU PAI JÁ ROUBOU E AGORA E O FILHO, ACORDA SRS. JUÍZES E PROMOTORES ESTA FAZENDO DE PALHAÇO, PROCURA AS LICITAÇOES DA SAUDE E OUTRAS, TEM ROLO E DESVIO

joao batista

amigo e amigas de goianira eu sou nacido ai hoje mouro em sao paulo conheço a mahoria do pessoal da ai eu sei que e compricado nao devemos jugar niguen fazem uma reuniao na camara com os veriadores goianira e uma cidade muinto bonita ela esta creceno muinta rapida nunca falam mau da sua cidade obrigado a todos voceis um abraço no meu amigao bedeco joao bertolino

visitante

Tem que exigir a convocação dos aprovados no concurso publico, hein MP?, cargos de vigilantes ocupados por comissionados e fiscais ambientais sendoocupados por conselheiros ambientais, havia 12 vagas para fiscais ambientais e elegeram 12 conselheiros ambientais? coincidência hein. Incrível como só há verba para comissionados.