PRB “não tem pressa” em definir apoio em Goiás

Líder do partido Gilvan Maximo considera que sigla deve usar todo o tempo disponível para decidir com quem caminhará em outubro

Uma das lideranças do PRB em Goiás, Gilvan Máximo disse ao Jornal Opção em entrevista na manhã desta segunda-feira (16/4) que o partido não deve definir tão cedo quem apoiar nas eleições de outubro.

Segundo o político, o partido ligado à Igreja Universal tem diálogo aberto com os três principais pré-candidatos ao Governo de Goiás (senador Ronaldo Caiado (DEM), governador José Eliton (PSDB) e deputado federal Daniel Vilela (MDB)) e não tende para nenhum lado. 

“A única coisa que que sabemos é que não vamos decidir agora. Isso é uma posicionamento definido após reunião que tivemos com toda a cúpula do PRB de Goiás neste fim de semana. Temos o prazo até as convenções e vamos utilizar esse tempo para avaliar qual o melhor projeto. Temos que saber escolher o que for melhor para o estado e também para o partido. Não queremos errar. Queremos continuar crescendo”, sentenciou.

Antes aliado da base governista, o PRB agora tem que se preocupar também com as ambições da cúpula nacional do partido, que quer eleger o maior número possível de deputados federais e viabilizar a candidatura do ex-CEO da Riachuelo, Flávio Rocha.

Segundo Máximo, a possibilidade de João Campos se candidatar ao Senado está descartada e o deputado federal deve ir à reeleição.

Deixe um comentário