Prazo para abertura de empresas é quase três vezes menor que em 2019, mostra Ministério da Economia

Só em setembro deste ano, dada a redução do tempo, 328 mil empresas foram abertas; em Goiás, já se abre uma empresa em menos de 24 horas

Ministério da Economia mostra que prazo para abertura de empresas é quase três vezes menor que em 2019 | Foto: Reprodução

De acordo com informações da plataforma Governo Digital, ligada ao Ministério da Economia, prazo para abertura de uma empresa atual é três vezes menor do que o requisitado no início de 2019. Enquanto o prazo anterior era de cinco dias e nove horas, atualmente está em 47 horas, o que totaliza menos de dois dias. Dados da pasta mostram que em Goiás, já se abre uma empresa em menos de 24 horas.

A redução, de acordo com a própria plataforma, é devido a uma simplificação do processo, por meio da integração digital das 27 juntas comerciais que aderiram a plataforma Gov.BR. Desse número, no momento, 23 já usam a assinatura para formalizar negócios. O objetivo, de acordo com o portal, é reduzir custos.

O boletim Mapa de Empresas publicado pelo Ministério da Economia, ainda revela que, no segundo quadrimestre de 2021, houve um aumento de 1,9% na quantidade de empresas abertas, em relação ao primeiro quadrimestre do ano, totalizando 1.420.782 empresas abertas. Já em comparação ao mesmo período de 2020, foram a porcentagem sobe para 26,5%. Só em setembro deste ano, dada a redução do tempo, 328 mil empresas foram abertas

“O tempo médio de abertura de empresas no país apresentou gradativa redução nos últimos meses, reflexo dos avanços obtidos pelos órgãos federais, estaduais e municipais, objetivando um processo de abertura de empresas mais simples e ágil. Os recordes em registro de novas empresas reforçam, cada vez mais, a opção do brasileiro pelo empreendedorismo e criação de novos negócios”, explica o boletim.

Nas unidades federativas de Goiás, Espírito Santo e Distrito Federal, já se abre uma empresa em menos de 24 horas. Entre os três, Goiás é o que possuiu menor tempo de abertura de empresas no segundo quadrimestre de 2021. Ao todo, o tempo calculado foi de um dia e duas horas. A queda estimada é de 38,1% em relação ao quadrimestre anterior, totalizada em 16 horas. A Bahia, por outro lado, é o estado que mais apresenta demora para abrir uma empresa: cerca de seis dias e uma hora.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.