PP e PCdoB disputam eleições suplementares em Petrolina de Goiás

Mais votado em 2016, Dalton Vieira foi declarado inapto, mas concorre de novo ao cargo de prefeito contra Tiago Cigano (PCdoB), presidente da Câmara Municipal

Dalton Vieira e Tiago Cigano disputam prefeitura de Petrolina de Goiás em eleições suplementares | Fotos: Reprodução / Facebook

Os eleitores da cidade de Petrolina de Goiás voltam às urnas neste domingo (1º/10) para escolher novo prefeito e vice-prefeito em eleições suplementares. O candidato mais votado no pleito de 2016, Dalton Vieira Santos (PP), teve seu registro de candidatura indeferido pela Justiça Eleitoral.

Dalton foi eleito com pouco mais de 52%, com 3.373 votos, mas foi declarado inapto porque estava com seus direitos políticos suspensos desde a convenção partidária até 17 de setembro de 2016.

Apesar disso, ele é candidato a prefeito no novo pleito e tem como vice Diano Helio Duarte de Oliveira (DEM). Ele enfrenta o atual prefeito interino, o presidente da Câmara Municipal de Petrolina, Tiago Cigano (PCdoB), que tem como vice na chapa a também vereadora Íris Proença (PCdoB).

O município, que fica a, aproximadamente, 70 Km de Goiânia, tem 7900 eleitores aptos a votar, nas 28 seções eleitorais que serão montadas, em três locais de votação. Os eleitores deverão comparecer às respectivas seções eleitorais, entre as 8 e 17 horas.

Até agora, 43 municípios brasileiros já tiveram que ter novas eleições por candidaturas indeferidas, em 15 estados diferentes. Em Goiás, este é o primeiro caso.

 

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.