Policial militar suspeito de matar sogro, sogra e cunhado alega surto

Soldado afirma que foi legítima defesa em relação ao sogro, que de acordo com ele, tentou agredi-lo com uma faca. Já no assassinato das outras duas vítimas, ele, que sustenta tomar remédio controlado, afirma que não se lembra

Foto: Reprodução

Foto: Reprodução

Um policial militar é suspeito de matar o sogro, a sogra e o cunhado, de apenas 12 anos, na madrugada desta sexta-feira (2/1), no Setor Rio Formoso, em Goiânia. Conforme confirmado pela Polícia Militar, o soldado Hélio Costa Vieira teria disparado também contra a esposa, Sara Silva Vieira Costa, de 23 anos, que foi levada para o Hospital de Urgências de Goiânia (Hugo), passou por uma cirurgia no braço, e está estável.

Em depoimento na Delegacia de Investigações de Homicídios (DIH), o soldado alega que agiu em legítima defesa contra o sogro, que teria tentado agredi-lo com uma faca. De acordo com o delegado Fábio Meirelles, o suspeito informou que não se dava bem com o sogro. “O pai e a mãe da esposa estariam passando alguns dias na casa do casal”, disse Fábio.

Segundo o soldado, o sogro era agressivo, e ele não o queria mais em sua casa. Conforme depoimento, o estaria discutindo com sua esposa sobre o sogro, que ouviu a conversa, se irritou, e tentou agredi-lo.

Quanto à agressão contra a sogra e o cunhado, de apenas 12 anos, Hélio Costa sustenta que não se lembra; que teve um surto. “Ele afirma que se lembra somente do momento que socorreu a esposa, e a levou para o hospital”, explicou o delegado. O soldado ainda alega que estaria tomando remédio controlado para depressão e ansiedade.

O soldado foi preso na barreira policial da Cidade de Goiás. Segundo depoimento do militar, ele não estava tentando fugir com seus três filhos — apenas pretendia levá-los à casa de seus pais, em Mozarlândia. “Ele fala que queria levar eles para um local seguro, para depois se apresentar à Polícia”, disse o delegado.

O suspeito agora está na Corregedoria da Polícia Militar prestando depoimento. Segundo a PM, a arma utilizada pelo crime já foi apreendida. Conforme a DIH, Hélio não possui nenhuma ocorrência.

1 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
1 Comment authors

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Antonio Alves

Na hora de livrar a própria cara, se inventa desculpas das mais esfarrapadas possíveis. Se ele estava surtado, como foi tão lúcido a ponto de querer levar as crianças para um lugar seguro?