Policial militar acusado de tentativa de homicídio é mandado a júri

Acusado teria tentado matar um policial rodoviário federal, além da filha e da esposa do mesmo. O crime aconteceu no ano de 2018

Policial Militar acusado de tentativa de homicídio será mandado a júri.

O juiz Jesseir Coelho de Alcântara, da 3ª Vara dos Crimes Dolosos contra a Vida e Tribunal do Júri de Goiânia, mandou a júri o policial militar Paulo Antônio de Souza Júnior, acusado de tentar matar um policial rodoviário federal, além da esposa e da filha do mesmo, em uma briga de trânsito que aconteceu em agosto de 2018. 

O caso aconteceu na GO- 020 e foi motivado por uma tentativa de ultrapassagem feita por Paulo Antônio em relação ao carro que estava sendo dirigido por Leonardo Alves de Oliveira. Por não ter conseguido a passagem, Paulo teria se revoltado, vindo a fechar o carro em que estavam as vítimas e disparando diversas vezes contra o veículo. Os ocupantes do mesmo só não foram atingidos graças às manobras efetuadas por Leonardo na tentativa de fugir dos tiros. 

O juiz Jesseir Coelho de Alcântara afirma que a materialidade do crime ficou comprovada, uma vez que o laudo da perícia criminal comprovou que o carro foi atingido por três disparos de arma de fogo, no sentido de fora para dentro do veículo. O magistrado afirma ainda que os crimes de homicídio somente não se consumaram devido à intervenção da própria vítima no fato, fazendo manobras que desviassem dos disparos. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.