Polícia Federal deflagra operação para combater grupo especializado em contrabando de cigarro

As investigações, iniciadas em 2020, indicam que cargas de cigarros são adquiridas no Paraguai, armazenadas e depois distribuídas no comércio local de Jussara e cidades circunvizinhas

A Polícia Federal (PF) deflagrou nesta quarta-feira, 27, em Jussara, uma operação para combater uma organização supostamente especializada em contrabando de cigarros de origem paraguaia.

Segundo a corporação, 40 policiais federais cumprem dez mandados judiciais de busca e apreensão, expedidos pela 11ª Vara Federal de Goiânia, na cidade de Jussara.

As investigações, iniciadas em 2020, indicam que cargas de cigarros são adquiridas no Paraguai, armazenadas e depois distribuídas no comércio local de Jussara e cidades circunvizinhas.

De acordo com a PF, o grupo criminoso, mesmo já tendo sofrido outras investigações policiais, é altamente estruturado e conta com a participação de motoristas, batedores e distribuidores.

Se condenados, os investigados poderão ser enquadrados nos crimes do art. 2º da Lei nº 12.850/2013 – Lei de Combate ao Crime Organizado, que prevê pena de reclusão de três a oito anos, bem como do art. 334-A do Código Penal, que prevê pena de reclusão de dois a cinco anos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.