Polícia Civil apresenta suspeitos de incendiar Fórum de Goiatuba

Mandante do crime foi condenado por homicídio e queria destruir autos do processo; mais quatro pessoas participaram de incêndio criminoso

polícia apresenta suspeitos incêndio goiatuba

A Polícia Civil e o vice-governador e secretário de Segurança Pública e Administração Penitenciária (SSPAP), José Eliton (PSDB), apresentaram, na manhã desta sexta-feira (2/9), os cinco suspeitos de incendiar o Fórum de Goiatuba no último dia 10 de agosto.

Acompanharam a apresentação dos resultados da Operação Nero o presidente da Comissão Permanente de Segurança do Tribunal de Justiça do Estado de Goiás (TJGO), desembargador Luiz Cláudio Veiga Braga, e o integrante da comissão e representante da Associação dos Magistrados do Estado de Goiás (Asmego), juiz Hamilton Gomes Carneiro.

policia apresenta suspeitos incêndio Goiatuba

De acordo com o delegado de Itumbiara, Gustavo Ferreira, as investigações apontaram que o mandante do crime foi Waldemar Tassara Macedo. Ele queria destruir os autos do julgamento que o condenou por homicídio. Selmo Felizardo, Thales Miranda e Rudieri Albertini teriam agido como executores e o receptador teria sido o receptador.

“O resultado foi eficiente e em um curto espaço de tempo. A Polícia Civil apresenta um alto índice de resolução de crimes em Goiás. Destaco, ainda o apoio do Poder Judiciário”, resumiu José Eliton. Durante o incêndio, foram consumidos 10 mil processos. “O prejuízo foi muito grande para o Poder Judiciário”, afirmou o desembargador Luiz Cláudio Veiga.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.