Polícia apresenta suspeito de praticar mais 30 assaltos em escritórios e consultórios de Goiânia

Alexandre Rodrigues do Nascimento agia com violência e era um assaltante profissional

suspeito assalto

Suspeito praticava roubos desde 2004, principalmente as “saidinhas de banco” | Foto: Bianca Cruz

A Delegacia Estadual de Investigação Criminal (Deic) apresentou nesta quinta-feira (11/9) um homem suspeito de praticar mais de 30 assaltos a escritórios de advogados, consultórios odontológicos e agências de turismo em Goiânia. De acordo com a Polícia Civil, Alexandre Rodrigues do Nascimento, de 36 anos, conhecido como Gordo, se passava por cliente, em seguida anunciava o roubo e levava das vítimas joias, materiais eletrônicos e outros pertences.

Segundo o delegado adjunto da Deic, Paulo Ribeiro da Silva, ele agia com violência e era um assaltante profissional. “Alexandre Rodrigues fazia um levantamento do local e só praticava o crime quando se sentia seguro. Além disso, ele ostentava os objetos subtraídos nestes locais em seus perfis nas redes sociais”, disse.

Ainda de acordo com o delegado, o suspeito praticava roubos desde 2004, principalmente as “saidinhas de banco”, onde abordava, fora das agências bancárias, clientes que tinham sacado grande quantidade de dinheiro. “A partir de 2013, no entanto, ele se especializou no roubo a estabelecimentos de prestação de serviços”, salientou Paulo Ribeiro.

O delegado afirmou ainda que ele vai responder judicialmente por cada delito de forma individualizada. “Cada conduta dele vai ser apenada com o quantitativo que reza a legislação, onde a pena mínima pode ultrapassar 100 anos. E esperamos que ele fique preso”, concluiu.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.