Poderes e órgãos autônomos de Goiás decidem cortar 20% das despesas de custeio

Decisão foi anunciada pelo governador Ronaldo Caiado: “união exemplar que ajuda Goiás a superar este momento”

Presidente da Alego, Lissauer Vieira, ao lado do governador Ronaldo Caiado / Foto: Felipe Cardoso

O governador Ronaldo Caiado (DEM) afirmou nesta quarta-feira, 22, que em nova rodada de negociação, os Poderes bateram o martelo sobre os cortes em decorrência da queda na arrecadação por conta da pandemia do novo coronavírus.

“Executivo, Legislativo, Judiciário, além de MP-GO, TCE, TCM e Defensoria, decidiram hoje cortar 20% das despesas de custeio. Isso garante o pagamento dos servidores em dia”, declarou Caiado.

No comunicado, que não específica os cortes de cada poder, o governador afirma estar orgulhoso da “união exemplar que ajuda Goiás a superar este momento”.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.