PM que atirou em marceneiro é afastado das ruas

Soldado Lucimar Correira, suspeito de assassinar a sangue frio Wallacy Maciel, de 24 anos, foi encaminhado à Justiça Militar

O secretário de Segurança Pública e Administração Penitenciária de Goiás, Ricardo Balestreri, pediu o afastamento do soldado Lucimar Correia da Silva das ruas de Goiânia. Ele é apontado como autor dos disparos que matou o marceneiro Wallacy Maciel, de 24 anos, em abordagem no último 9 de setembro.

Reportagem do Jornal Opção revelou que depoimento de um policial e vídeos resgatados pela Polícia Civil e pela Corregedoria da Polícia Militar indicam que Correia montou uma farsa para esconder o crime. Lotado na 15° CIPM, o soldado foi comunicado pelo Comando no último sábado (18/11).

Wallacy foi morto com dois tiros sem ter reagido à abordagem na Avenida Montreal, no Residencial Canadá. Questionado nas redes sociais sobre a ação desastrosa que ainda envolveu outros cincos policiais, Balestreri classificou como “Fato terrível, trágico e moralmente inaceitável. Todas as atitudes investigativas e encaminhamentos de persecução legal tomados com absoluto rigor e sem nenhum corporativismo, como mostra a própria matéria”.

A reportagem reconstituiu os últimos momentos de vida do rapaz e revelou que o soldado Correia é, também, um famoso comediante de uma rádio em Goiânia.

A informação do afastamento foi confirmada pelo porta-voz da PM, tenente-coronel Marcelo Granja. “O soldado foi encaminhado à Justiça Militar”, informou.

Em Goiás, PM mata jovem, planta arma e drogas e tenta destruir imagens do crime

1
Deixe um comentário

1 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
1 Comment authors
Carlos

Ufa ! Até que enfim algo foi feito pra tirar esse crápula das ruas, aonde estava livre, leve e solto pra ameaçar as testemunhas ou até mesmo fazer tudo que fez de novo ! Que a Justiça seja feita nesse caso horroroso de Corporativismo maléfico e infame !