PM desmonta quadrilha e apreende mais de uma tonelada de maconha em Goiânia

Droga proveniente do Paraguai já estava prensada e pronta para ser distribuída a partir da capital

Carregamento vindo do Paraguai abasteceria tráfico de Goiânia e outras cidades do Estado. De janeiro até agora, somente a PMGO já retirou das ruas mais de 17 toneladas de entorpecentes | Foto: PM5

Carregamento vindo do Paraguai abasteceria tráfico de Goiânia e outras cidades do Estado | Foto: PM5

O Grupo de Intervenção Rápida e Ostensiva (GIRO) da Polícia Militar de Goiás (PMGO) apresentou, nesta terça-feira (13/9), quatro suspeitos de integrarem uma quadrilha responsável pelo transporte e distribuição de mais de uma tonelada de maconha proveniente do Paraguai na capital. Segundo informações da PMGO, 1100 quilos da droga estavam prensados e prontos para serem repassados a traficantes e usuários.

A polícia chegou ao grupo graças à prisão de Vinícius Aleixo no final do mês de agosto. A PMGO havia encontrado com ele sete veículos de luxo roubados que seriam utilizados para transportar a droga. O suspeito foi solto no mesmo dia, após pagamento de fiança.

“Durante a passagem de Vinícius pela polícia, foi constatado o recebimento de várias mensagens por meio de um aplicativo do celular do acusado, o que levou nossas equipes à investigação de outros possíveis envolvidos”, explicou o comandante do GIRO, major Elder Joaquim da Costa.

Foi com as mensagens recebidas pelo suspeito que os policiais chegaram a José Urano, que estava escondido em uma casa no Residencial Buena Vista. Na residência foi encontrada uma caminhonete F-350 roubada que tinha a placa clonada e estava carregada com a droga. Além disso, foram apreendidos R$ 22.430.

Os policiais interrogaram o suspeito e descobriram que a droga havia sido transportada do Paraguai por outros dois homens. “Ele disse ainda que os traficantes estavam hospedados em um hotel no Centro de Goiânia”, disse o comandante do GIRO.

A polícia conseguiu, então, prender Rubens Alves da Silva e Éverton Sousa Dias, ambos do Mato Grosso do Sul. Com eles foi apreendida uma caminhonete S-10, também roubada, que seria utilizada para escoltar o carregamento da maconha.

Segundo a PMGO, do início do ano até setembro já foram retirados de circulação no Estado mais de 17 toneladas de drogas. Os policiais ressaltam que a apreensão de entorpecentes contribui para a redução da criminalidade, já que é retirada uma das formas de financiar outras modalidades de crimes. (Com informações da Secretaria de Segurança Pública)

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.