Petrolina de Goiás terá novas eleições para prefeito no próximo dia 1º de outubro

Pleito terá que ser realizado porque o candidato eleito, Dalton Vieira (PP) teve seu registro de candidatura cassado. Ele no entanto, tenta concorrer novamente

O município de Petrolina de Goiás (GO) terá novas eleições no próximo dia 1º de outubro para escolher seu novo prefeito e vice-prefeito. Isso porque, no pleito de 2016, o candidato mais votado, Dalton Vieira Santos (PP)  teve seu registro de candidatura indeferido pela Justiça Eleitoral.

Dalton foi eleito com pouco mais de 52%, com 3.373 votos, mas foi declarado inapto porque estava com seus direitos políticos suspensos desde a convenção partidária até 17 de setembro de 2016. Desde a decisão judicial, a cidade está sendo comandada pela professora Magda (PMDB), que ficou em 2º lugar das eleições.

Ela, no entanto, ainda não registrou candidatura para o novo pleito, assim como Emival Barbinha (PTB), que ficou em terceiro lugar. Até agora, segundo o Cartório Eleitoral de Petrolina, fizeram o pedido de registro o próprio Dalton e o atual presidente da Câmara de Vereadores, Thiago Cigano (PCdoB).

Até agora, 43 municípios brasileiros já tiveram que ter novas eleições por candidaturas indeferidas, em 15 estados diferentes. Em Goiás, este é o primeiro caso.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.