Pesquisa aponta declínio em índice de rejeição dos quatro principais candidatos ao governo de Goiás

Na pesquisa, o único candidato que obteve aumento no índice de rejeição foi Alexandre Magalhães

A quarta rodada da pesquisa Serpes realizada entre os dias 8 a 12 de setembro aponta que o índice de rejeição aos candidatos Marconi Perillo (PSDB), Iris Rezende (PMDB), Vanderlan Cardoso (PSB) e Antônio Gomide (PT) caiu. A comparação foi feita entre os dias 16 de julho e 14 de setembro. Quanto aos índices dos outros candidatos, Marta Jane (PCB), Weslei Garcia (PSOL) e Alexandre Magalhães (PSDC), somente os números relacionados a este último candidato aumentaram, cerca de 5,4%.A pesquisa foi realizada com 801 eleitores, e a margem de erro é de 3,46 pontos porcentuais para mais ou para menos.

O índice de rejeição do atual governador caiu de 30,5% para 22,8%; já quanto a Iris, o número caiu de 19,9 para 16; Vanderlan, de 7% para 4,5%; Gomide, de 8,2% para 6,9%; os números de Marta Jane caíram de 8,2% para 7%; Weslei Garcia, 7,9% para 4,9%; e por fim, Alexandre Magalhães, cujo índice subiu para 5,4%.

Comparando a primeira (6/7) e quarta rodada (16/9) da pesquisa Serpes, o atual governador e candidato à reeleição Marconi Perillo (PSDB) foi o único candidato ao governo de Goiás a crescer na pesquisa estimulada. De 37,1 na primeira rodada, em julho, o tucano foi para 39,3%. Já Iris Rezende (PMDB) caiu de 26,3% para 25,1%. Vanderlan Cardoso (PSB) desceu dos 9% para 7,2. Por fim, o petista Antônio Gomide caiu de 7,6% para 5,9%. A pesquisa ainda aponta que número de indecisos aumentou de 8,7% para 13,9%, como também o número de votos anulados, de 6,1% para 6,4%.

Esta pesquisa foi encomendada pelo jornal “O Popular”. Registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o protocolo nº BR-00627/2014 e no Tribunal Regional Eleitoral (TRE) sob o protocolo GO-00119/2014, a pesquisa abrangeu Goiânia, Anápolis, Aparecida de Goiânia, Inhumas, Jaraguá, Petrolina, Senador Canedo, Trindade, Goianésia, Itapaci, Niquelândia, Porangatu, Rialma, Alexânia, Cidade Ocidental, Cocalzinho de Goiás, Formosa, Luziânia, Novo Gama, Valparaíso, Caldas Novas, Catalão, Itumbiara, Piracanjuba e Silvânia, Jataí, Acreúna, Quirinópolis, Rio Verde, Santa Helena de Goiás, Anicuns, Araguapaz, Firminópolis, Goiás, Iporá e Mozarlândia

Marconi lidera segundo turno

A pesquisa mostrou dois cenários de um eventual segundo turno, em que Marconi encara Iris Rezende, e outro que o tucano disputa o governo com Vanderlan Cardoso. No primeiro cenário, Marconi ganharia com 46,7%, enquanto Iris ficaria com 34%. Já em um cenário contra o ex-prefeito de Senador Canedo, o atual governador ganharia com 50,4% dos votos, enquanto Vanderlan ficaria com 25,2%.

Deixe um comentário