“Peemedebista tem que defender candidatura do PMDB”, critica Gustavo Mendanha

Prefeito da segunda maior cidade de Goiás condenou articulação de correligionários em favor da pré-candidatura do senador Ronaldo Caiado, do DEM

Gustavo Mendanha concede entrevista ao Jornal Opção durante a terceira edição do Prefeitura em Ação | Foto: Rodrigo Estrela

O prefeito de Aparecida de Goiânia, Gustavo Mendanha (PMDB), condenou, durante entrevista exclusiva ao Jornal Opção, a articulação de colegas de partido em favor da pré-candidatura do senador pelo DEM, Ronaldo Caiado, ao governo de Goiás. Segundo ele, os que agem dessa maneira não são peemedebistas de fato.

“PMDB é o maior partido do Brasil, o maior do Estado. Peemedebista tem que defender candidatura de peemedebista. Se Caiado quisesse ter apoio do PMDB, que fosse para o PMDB e disputasse as prévias, entrasse na fila. Então, movimentos como esse são descaracterizados e claro, eu como partidário, sempre defenderei o projeto do PMDB, que é o deputado Daniel Vilela”, rebateu.

Nesta semana, a coluna Bastidores revelou o movimento do ex-presidente do diretório estadual do partido em Goiás, o ex-deputado Samuel Belchior, que estaria tentando se viabilizar como vice do senador democrata. Mas não é só ele: os prefeitos peemedebistas Adib Elias (Catalão), Paulo do Vale (Rio Verde) e Ernesto Roller (Formosa) têm desfilado em eventos da pré-candidatura de Caiado.

“Os que articulam com outros partidos desta maneira não são peemedebistas. Acredito muito no potencial e na capacidade de Daniel [Vilela]. Tem uma visão nova, não só por ser jovem, mas se preparou para ser governador, tem percorrido o Estado, faz um trabalho muito positivo”, defendeu.

Para Gustavo Mendanha, o deputado federal e pré-candidato do PMDB ao governo em 2018 reúne as qualidades que a população busca para o novo governador. “A candidatura está crescendo, pois é o sentimento das pessoas por mudança. Agora, querem política de ideais, não arcaica, não raivosa, tenho certeza que ele terá condições de ser um grande candidato”, alfinetou.

Questionado sobre as pesquisas eleitorais, que apontam Ronaldo Caiado na liderança, o prefeito deu pouca importância: “Sou prova de que o desconhecimento não quer dizer nada. Saí aqui nas pesquisas com 0,5% no ano anterior a eleição, enquanto Daniel já está na casa dos dois dígitos, e no período eleitoral eu tinha 3%. Tive um crescimento extraordinário, ganhei eleição com 80 mil votos de frente. Então, aposto no crescimento de Daniel e do vice-governador, José Eliton [do PSDB].”

A entrevista foi concedida durante a terceira edição do evento “Prefeitura em Ação”, da gestão de Mendanha, realizada na Praça do antigo Cais, do Setor Garavelo.

Dentre os atendimentos que são realizados no “Prefeitura em Ação” estão Odontologia; Oftalmologia; Vacinação; Aferição de pressão e glicemia; Carteira de identidade; Atendimento jurídico; Bolsa família; Escova e corte de cabelo; DPVAT; Encaminhamentos para o mercado de trabalho; Emissão de carteira de trabalho; Emissão do cartão do e passaporte do idoso; Emissão do cartão de PNE; Emissão de alvará simplificado; Emissão de uso de solo; Emissão do cartão SUS; Distribuição de mudas; Fotos 3×4; Emissão de Carteira de Identidade; além da adoção e castração de animais.

Deixe um comentário