Pecuária tem tempo de exposição reduzido e SGPA descarta mudança de local

Exposição começa na próxima sexta-feira (18/5) e terá duração de 10 dias

Presidente da SGPA, Tasso Jayme | Foto: Divulgação

O presidente da Sociedade Goiana de Pecuária e Agricultura (SGPA), Tasso Jayme, disse em coletiva de imprensa na manha desta sexta-feira (14/5) que está descartada a possibilidade de mudança de local da Exposição Agropecuária do Estado de Goiás, em Goiânia. A 73ª edição da feira começa na próxima sexta-feira (18/5) e vai até o dia 27 de maio.

O período da exposição também é uma novidade deste ano. Anteriormente realizada ao longo de 21 dias, este ano o formato foi reduzido para apenas 10.

O Parque de Exposições Agropecuárias de Goiânia fica no Setor Leste Vila Nova e, ao longo dos anos, tem sido alvo de críticas por moradores da região, que se incomodam com o tumulto nos dias do evento.

“O parque faz parte da história da cidade e da cultura goiana. Foi prospectada a possibilidade de mudança de local, mas não foi levada a adiante essa possibilidade”, disse o presidente da SGPA.

Na avaliação dele, o evento fomenta a economia, e a mudança de local poderia trazer prejuízos para a vizinhança. “Este ano, este falado ‘tumulto’ causado pela exposição será apenas de 10 dias. Se o parque saísse, teríamos, sem sobre de dúvidas, mais de 50 prédios construídos naquela área, o que geraria tumulto no 365 dias do ano. Os vizinhos também tem atividade econômica durante a festa. Traz somente benefícios para a população da vizinhança”, concluiu.

Deixe um comentário