PEC da Educação é aprovada em segunda votação

Matéria agora segue para promulgação da Mesa Diretora já que não necessita de sanção do governador Ronaldo Caiado

Foto: Denise Xavier

Foi aprovada em definitivo a emenda à Proposta de Emenda Constitucional (PEC) de Vinicius Cirqueira (Pros), que traz consigo a emenda aditiva do líder do governo Bruno Peixoto (MDB), a chamada PEC da Educação, nesta quarta-feira, 11. Dos 38 presentes, 29 votaram a favor e nove contra — na terça, 10, o placar foi de 30 a 9.

Os contrários foram: Talles Barreto, Lêda Borges, Gustavo Sebba e Dr. Hélio pelo PSDB; Antônio Gomide e Adriana Accorsi pelo PT; Henrique Arantes (PTB); Lucas Calil (PSD); Alysson Lima (Republicanos); e Cláudio Meirelles (PTC).

A PEC da Educação prevê a junção do orçamento de 2% aos 25% da educação básica, mas, ainda, a retirada de cerca de 4% dos inativos e remanejamento para o Goiás Previdência. Já a proposta de emenda à constituição original, de Vinícius Cirqueira, trata sobre implementação de recursos para os municípios.

Matéria agora segue para promulgação da Mesa Diretora já que não necessita de sanção do governador Ronaldo Caiado (DEM).

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.