PC apreende vacinas irregulares contra H1N1 que seriam vendidas em escolas

Produtos não tinham alvará necessário e estavam armazenados de forma irregular, produzindo riscos à saúde 

Foto: Divulgação / Polícia Civil do Estado de Goiás

A Delegacia Estadual de Repressão a Crimes Contra o Consumidor, em ação conjunta com a Vigilância Sanitária de Goiânia, apreendeu vacinas contra o vírus H1N1 que seriam vendidas em escolas de Goiânia.

Durante fiscalização, os agentes constataram que os medicamentos oferecidos por uma empresa de São Paulo não tinham o alvará expedido por órgão sanitário competente para aplicação de vacinas, além de indícios de uso de documentação falsa, vacinas armazenadas sob refrigeração e local inapropriados, dentre outras irregularidades.

Diante das ilegalidades constatadas e o grave risco à sade pública, a aplicação das vacinas foi suspensa e os produtos apreendidos.

O responsável legal pela empresa foi conduzido à Delegacia para prestar esclarecimentos. Foi instaurado inquérito policial para investigar suposto uso de documento falso e crime contra as relações de consumo.

2 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
2 Comment authors

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Francis

Quais foram essas escolas minha filha vacinou ontem na escola Delta

cleverson

Reportagem tinha que ser mais clara, informar nome da empresa, qual escolas que foi q vacinaram, meus filhos vacinaram no omni educacional, se possível esclarecer.