Papa reúne 6 milhões de pessoas em missa nas Filipinas

Uma menina questionou o papa do motivo de Deus deixar coisas ruins acontecerem com crianças. Como resposta, Francisco disse: “Ela hoje fez a única pergunta que não tem resposta”

 

Cerca de seis milhões de pessoas participaram da missa celebrada pelo papa Francisco neste domingo (18/1), em Manila, capital das Filipinas, no último dia do pontífice na Ásia. O número bate um recorde mundial de fiéis reunidos em uma celebração papal. O país é predominantemente católico romano, com aproximadamente 80% da população seguindo a religião.

A informação da quantidade de pessoas reunidas foi do presidente da Autoridade de Desenvolvimento de Manila, Francis Tolentino. Em 20 anos, esta é a primeira visita de um papa ao país. O último foi João Paulo II, em janeiro de 1995.

Além da missa, o papa compareceu neste domingo a um encontro de jovens na Universidade São Tomás de Manila, onde criticou a sociedade machista, que deixa a mulher sem espaço. “Às vezes somos muito machistas. Na próxima vez que vier um papa às Filipinas, que haja mais mulheres”, disse, ao lamentar a pouca presença de mulheres no encontro.

Na ocasião, uma menina de 12 anos, perguntou ao papa o porque tantas crianças sofrem. “Muitas crianças se envolvem com drogas e prostituição. Como Deus pode permitir uma coisa dessas”, questionou a menina, emocionada. O papa a abraçou e disse: “Ela hoje fez a única pergunta que não tem resposta.”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.