Pandemia: pela primeira vez, em um ano e meio, Covid-19 deixa de ser a maior causa de mortes no Brasil

As doenças cardiovasculares voltaram a ocupar o topo na lista das causas de óbitos dos brasileiros

Segundo dados dos cartórios de registro civil constados no portal da Associação dos Registradores de Pessoas Naturais (Arpen Brasil), desde a segunda quinzena de outubro deste ano, a doença causada pelo Covid-19 deixou de ser a principal razão de mortes no Brasil. Mudança é em decorrência ao avanço da vacinação.

Desde o fim de abril de 2020, doenças como AVC (acidente vascular cerebral), infarto e outras doenças cardiovasculares não configuravam o ranking das principais causas de óbitos entre os brasileiros. Contudo, em outubro elas voltaram a ficar na frente do coronavírus.

A própria Fiocruz (Fundação Oswaldo Cruz), divulgou um boletim comentando a estabilidade nos casos de mortes por Covid. “[Os números] mostram a estabilidade dos indicadores usados pelo Observatório Covid-19 da Fiocruz nas últimas cinco semanas, isto é, desde 10 de outubro”, afirmaram.

No Brasil, já são 127.422.765 de pessoas totalmente imunizadas, o que corresponde a 59,73% da população. Esse avanço é o que tem freado a disseminação do vírus da Covid-19, diminuindo o número de óbitos.

Confira a lista das doenças que tem causado mais mortes no Brasil, segundo os cartórios:

  • AVC – 4.220 óbitos
  • Infarto – 4.176
  • Causas cardíacas inespecíficas – 4.107
  • Covid-19 – 3.605

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.