Pai é preso após espancar bebê de oito meses em Goiânia

Mãe de 14 anos também foi apreendida. Segundo o casal, a menina teria “caído” do berço

A polícia civil de Inhumas prendeu na última quarta-feira (25/3) o pai de uma bebê de oito meses que foi levada ao cais municipal com diversas lesões, fraturas e traumatismo craniano. Segundo o delegado Humberto Teófilo, a polícia chegou à conclusão de que a criança vinha sofrendo maus-tratos e vai indiciar o pai por tentativa de homicídio.

Assim que os pais chegaram com a bebê ao cais, o médico que os atendeu suspeitou que seria um caso de maus-tratos e chamou o conselho tutelar e a polícia. A princípio, a mãe, de 14 anos, e o pai, de 23, alegaram que a bebê teria caído do berço, o que logo foi desmentido. Nada ficou comprovado contra a mãe, que foi liberada.

A bebê, que chegou ontem em coma ao Hospital de Urgências de Goiânia (Hugo), continua em estado grave. Segundo a assessoria de comunicação do Hugo, ela segue internada na UTI, sedada e respira com ajuda de aparelhos.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.