Organização criminosa que roubou 40 veículos na Grande Goiânia, no período de um ano, é presa

Grupo contava com o apoio de seis menores para cometerem os crimes. A SSP-GO registrou nos primeiros seis meses deste ano 5.644 roubos de automóveis, um aumento de mais de 25% comparado com o mesmo período do ano passado

Os cinco suspeitos foram presos nesta manhã | Foto: Thiago Araújo/ Jornal Opção

Os cinco suspeitos foram presos nesta manhã | Foto: Thiago Araújo/ Jornal Opção

A Delegacia Estadual de Repressão a Furtos e Roubos de Veículos Automotores (DERFRVA) prendeu, na manhã desta quarta-feira (13/8), cinco homens suspeitos de roubarem, no período de um ano, 40 carros em Goiânia e região metropolitana. O grupo estava sendo monitorado por meio de interceptações telefônicas desde o ano passado. As vítimas relataram à polícia que o grupo agia com extrema violência e usava armas de fogo.

Além do roubo de veículos, o grupo é acusado de tentativas de homicídios contra outras organizações criminosas, tráfico, receptação, posse e comercialização de armas de fogo. O delegado Paulo Roberto Tavares, responsável pelas prisões, disse em entrevista ao Jornal Opção Online que a polícia chegou aos suspeitos por meio de investigação intensa. “Depois de um ano de trabalho podemos afirmar que o grupo é de alta periculosidade, depois pedimos a prisão preventiva dos integrantes ao Poder Judiciário, e conseguimos prendê-los nesta manhã”, disse.

Os integrantes da organização criminosa presos são Rogério de Jesus Fagundes, de 26 anos, Wedersson da Silva Siqueira, de 25 anos, Vitor Souza Teixeira, de 19 anos, Rafael Fernandes Batista e Caio Henrique da Silva, ambos com 23 anos.

No momento da prisão, os policias encontraram na residência de Rafael Fernandes cerca de um quilo de maconha que seria revendida na região noroeste da capital.

As investigações, segundo o delegado, apontam que seis adolescentes também participavam dos crimes. “Por serem menores, os procedimentos foram encaminhados para a Delegacia de Polícia de Apuração de Atos Infracionais (Depai). Eles ajudavam o grupo até na mercancia dos automóveis. Com a prisão desta quadrilha, esperamos que diminua o número de roubos de veículos na capital”, salientou Paulo Roberto Tavares.

Nos primeiros seis meses de 2014 a Secretaria de Segurança Pública de Goiás (SSP-GO) registou 5.644 roubos de automóveis no Estado, um aumento de mais 25% comparado com o mesmo período do ano passado, quando o número foi de 4.509.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.