Operário morre durante construção de uma ponte nas obras de duplicação da GO-020

O governador Marconi Perillo esteve no local e acompanhou as ações preliminares necessárias para o esclarecimento do acidente

acidente

Acidente matou um operário e deixou outro ferido nas obras da GO-020 | Foto: TV Anhanguera

Um operário morreu na manhã desta quinta-feira (21/8) após um acidente na duplicação da GO-020, entre Goiânia e Bela Vista. Segundo a Polícia Militar, durante a construção de uma ponte sobre o Rio Meia Ponte dois guindastes caíram no local. O operador de um dos equipamentos utilizado para a elevação e movimentação de cargas morreu e outro ficou ferido e foi socorrido pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu).

Segundo a Agência Goiana de Transportes e Obras (Agetop), no momento do acidente estavam sendo realizados os serviços de instalação das vigas de sustentação da ponte. Segundo nota emitida à imprensa, a obra “é de responsabilidade da empresa contratada pela Agetop”.

Os bombeiros aguardam a chegada de guindastes mais reforçados para levantar os equipamentos que caíram na construção e assim retirar o corpo da vítima que morreu. Já o operário ferido foi encaminhado para o Hospital de Urgências de Goiânia (Hugo).

A gerência de comunicação Agetop, responsável pela duplicação da rodovia, informou que representantes da pasta estão no local do acidente e que serão feitas investigações para descobrir as causas do acidente.

O diretor de Obras Rodoviárias da pasta, Marcos Musse, foi até o local do ocorrido para realizar levantamentos que ajudarão na perícia. O presidente da Agetop, Jayme Rincón, e o governador Marconi Perillo (PSDB) também foram ao local para acompanhar as ações operacionais e técnicas preliminares necessárias para o esclarecimento do acidente.

O subtenente Eduardo Luiz disse ao Jornal Opção Online que o trânsito na região ficou lento. “Tivemos que interditar a rodovia sentido Bela Vista a Goiânia”, frisou.

Duplicação da GO-020

O acidente está sendo monitorado pela Agetop | Foto: Fernando Leite / Jornal Opção

O acidente está sendo monitorado pela Agetop | Foto: Fernando Leite / Jornal Opção

As obras da rodovia estadual começam nas proximidades do Autódromo de Goiânia e seguem até o trevo que dá acesso ao município de Piracanjuba, depois da cidade de Bela Vista de Goiás.

Segundo a Agetop, as obras estão em fase final. No dia 21 do mês passado 31 quilômetros dos 47,9 de extensão da rodovia que serão duplicados pelo projeto já haviam recebido a capa asfáltica. Ao custo de R$ 148 milhões aos cofres públicos, as obras incluem além da duplicação, serviços de urbanização, obras de arte especiais, como pontes e bueiros, e a continuação da ciclovia e iluminação, já existentes no subtrecho entre o entroncamento da BR-153 e o Autódromo de Goiânia.

A previsão de entrega das obras é para o final deste mês.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.