“O escalonamento cumpriu seu papel”, diz prefeito Gustavo Mendanha

Emedebista fez proposta de suspensão do escalonamento para Comitê de prevenção e enfrentamento ao coronavírus

Prefeito Gustavo Mendanha em live no Instagram | Foto: Divulgação

O prefeito de Aparecida de Goiânia, Gustavo Mendanha (MDB), disse no final da tarde desta terça-feira, 5, que o município passa por um platô e há leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) ociosos. O emedebista enviou proposta ao Comitê de prevenção e enfrentamento ao coronavírus para considerar a suspensão do escalonamento praticado na cidade.

A intenção é que o escalonamento seja suspenso já a partir da próxima sexta-feira, 7. Uma nova reunião extraordinária está marcada para quinta-feira, 6, para reavaliação da proposta a partir de nota técnica elaborada pela Secretaria Municipal de Saúde.

Após essa análise, será decidido pela suspensão ou não do isolamento social intermitente por escalonamento regional.

Mendanha avalia que o número de casos em Aparecida cai e, por outro lado, a rede de saúde foi preparada para enfrentamento à pandemia. A intenção é abrir as atividades comerciais mantendo os protocolos de saúde e sanitários. As feiras livres, com mais de 100 barracas, no entanto, continuam seguindo o modelo de revezamento.

“Esta forma de isolamento social com o fechamento do comércio por regiões foi muito importante e cumpriu o seu papel. Agora é hora de retomarmos as outras atividades, suspendendo o escalonamento, mas continuando com a guarda levantada, para não termos que voltar e fechar novamente”, diz Mendanha.

O prefeito ainda salienta que, se ficar decidido pela suspensão, continuará monitorando os números de casos de Covid-19 no município. Caso seja necessário, poderá retornar com o escalonamento.

O escalonamento, que dividiu a cidade em 10 macrozonas, teve início em junho e estabeleceu abertura e fechamento do comércio a partir do risco de colapso da rede municipal de saúde.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.