Número de mortos em explosão na Turquia sobe para 86

Segundo autoridades turcas, bombas foram causados por terroristas. No local estava sendo realizada uma manifestação a favor da paz

O atentado terrorista na capital turca, Ancara, provocou neste sábado (10) a morte de 86 pessoas, além de 186 feridos, entre eles 28 em estado grave, segundo novo balanço oficial.

Os números foram divulgados pelo ministro turco da Saúde, Mehmet Muezzinoglu,em entrevista transmitida ao vivo pelo canal de notícias NTV.

Os números dizem respeito às 62 pessoas que morreram no local das explosões, próximo da principal estação ferroviária de Ancara e a outras 24 que não resistiram aos ferimentos.

Segundo autoridades turcas, as explosões foram provocadas por terroristas. No local das explosões estava sendo realizada uma manifestação a favor da paz, organizada por sindicatos e partidos políticos de esquerda, entre os quais o principal partido pró-curdo do país, o Partido Democrático do Povo (HDP).

Luto oficial

O governo conservador turco decidiu decretar três dias de luto nacional, após o atentado terrorista, anunciou o primeiro-ministro, Ahmet Davutoglu. Em entrevista na capital turca, Davutoglu adiantou que o atentado foi cometido provavelmente por dois homens-bomba.

O atentado foi condenado pelo presidente turco, Recep Erdogan, pela chefe da diplomacia europeia, Federica Mogherini, pelo presidente francês, François Hollande, e pelo primeiro-ministro espanhol, Mariano Rajoy, que enviaram condolências às famílias das vítimas.

O governo norte-americano também condenou o ataque, que classificou de “horrível”.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.