Nova sede do Iphan é inaugurada em prédio histórico da capital

Iphan agora ocupa antiga Delegacia Fiscal, construção da década de 1930, em estilo Art Déco. Restauração levou quatro anos para ser concluída

Nova sede do Iphan, localizada no anel externo da Praça Cívica, região central de Goiânia / Foto: Reprodução/Iphan

A Superintendência do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional em Goiás (Iphan-GO) agora se localiza na antiga Delegacia Fiscal, prédio da década de 30, no anel externo da Praça Cívica.

A obra de restauração do edifício custou R$11,56 milhões e será inaugurada na noite desta sexta-feira, com a presença do presidene interino do Iphan, Robson de Almeida, e o governador Ronaldo Caiado. A nova sede foi batizada de Casa do Patrimônio Belmira Finageiv, em homenagem à arquiteta pioneira na preservação do Patrimônio Histórico e Cultural do Centro-Oeste.

Com a nova casa, o Iphan irá reduzir custos, deixar de pagar aluguel e contar com uma melhor estrutura para abrigar seus servidores, laboratório de arqueologia, acervo documental e bibliográfico com área específica e acessível ao público. O local também atuará como Casa do Patrimônio.

Restauração

As obras para restaurar a nova sede do Iphan levaram quatro anos e incluiu a demolição de anexos, reforço estrutural e da cobertura, valorização do Art Déco por meio da instalação de elementos típicos do estilo arquitetônico, como pisos em granitina e tacos de madeira, esquadrias de portas com desenhos geométricos, luminárias e gradis de janelas.

Também foi construído um novo anexo, onde fica localizado o auditório, salão de exposição e espaço para eventos. Também foram resgatadas as áreas verdes no pátio central do prédio. Ao todo, Goiânia conta com 22 bens que compõem o Acervo Arquitetônico e Urbanístico Art Déco de Goiânia, tombado pelo Iphan desde 2003.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.