Nova mesa diretora se reúne com prefeito Paulo Garcia no Paço Municipal

Vereadores, maioria pertencente ao grupo de oposição à administração petista, foram convidar o gestor a comparecer à posse da mesa no dia 2 de janeiro do próximo ano

005a

Foto: Secretaria Municipal de Comunicação (Secom) da Prefeitura de Goiânia

 

Sarah Teófilo e Marcelo Gouveia

Os integrantes da nova mesa diretora da Câmara Municipal, eleita no último dia 11 de dezembro, se reuniram na manhã desta segunda-feira (29) com o prefeito Paulo Garcia (PT) no Paço Municipal. Em entrevista ao Jornal Opção Online, o vereador Tayrone Di Martino (PT) contou que a reunião, primeira entre a nova gestão e o prefeito, teve como intuito convidar o gestor do município a comparecer na posse da nova diretoria da Casa, que será realizada no próximo dia 2.

Além de Tayrone, a mesa diretora eleita é constituída pelo tucano Anselmo Pereira (PSDB), presidente; Rogério Cruz (PRB), 2º vice-presidente ; Zander Fábio (PSL), 1° secretário; Geovani Antonio (PSDB), 2º secretário; Pedro Azulão Jr. (PSB); 3º secretário; e Mizair Lemes Jr. (PMDB), 4º secretário. Apenas este último não foi ao encontro por incompatibilidade de agenda.

De acordo com Tayrone, que chegou a romper com o prefeito durante as eleições ao governo do Estado neste ano — o que levou o petista a sair da chapa de Antônio Gomide –, o grupo foi apenas levar o convite ao prefeito, além de explicar que anseia fazer um bom trabalho, sem a pretensão de gerar novos conflitos com a gestão municipal. “Queremos ajudar a sociedade goiana, e não criar conflitos, dificuldades”, disse Tayrone.

Na ocasião, segundo Tayrone, Paulo Garcia clamou por sensibilidade dos vereadores quanto ao projeto que trata da reforma administrativa da administração municipal. O vereador petista disse que o grupo se prontificou a ajudar Paulo Garcia no que for preciso.

O presidente da mesa, Anselmo Pereira (PSDB), disse ao Jornal Opção Online que na reunião, além da reforma administrativa, o grupo falou brevemente sobre o projeto da data-base, que já está na Casa. “Mas não foi nada pontual. A reunião foi rápida, e apenas para levar o convite ao prefeito”, disse o tucano.

Quanto à possível interferência da administração estadual na votação do último dia 11, Tayrone alega que o prefeito tem consciência de que não houve qualquer tipo de articulação neste sentido. “Não é composição da oposição. É uma composição de vários vereadores insatisfeitos”, sustentou.

Conforme relatou o legislador à reportagem, Paulo Garcia foi receptivo ao grupo e teria dito que está com a agenda cheia — já que pretende ir à posse da presidente Dilma Rousseff (PT), segundo Tayrone –, mas que iria tentar ir à cerimônia dos vereadores.

Os parlamentares da mesa se reuniram com o governador Marconi Perillo (PSDB) na semana passada, convidando-o para o evento. O tucano garantiu que irá comparecer.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.