“Nós somos a única opção nova”, afirma Edigar Diniz sobre pré-candidatos ao governo

Nome do partido Novo critica movimentação de adversários políticos na corrida ao Palácio das Esmeraldas

Pré-candidato ao governo de Goiás pelo Novo, o empresário Edigar Diniz defende que seu projeto é o único que propõe um rumo diferente da política tradicional no Estado. Na disputa pelo Palácio das Esmeraldas, Edigar tem pela frente o atual governador Ronaldo Caiado (UB), consagrado na política local há mais de 30 anos, e pode ver Marconi Perillo (PSDB) trazer ainda mais tradição para a disputa. Ambos são alvos de críticas do empresário. “Marconi destruiu o Estado, entregou quebrado”, acusa.

Além dos adversários com longo histórico político, Edigar também aponta movimentações semelhantes nos adversários que prometem uma nova atuação. “Quando você pensa em alguém novo, como o Mendanha, ele já está se associando a esses lobos. Não adianta fingir ser cordeiro e andar com lobos, tem algo muito estranho nisso”, comenta.

Para o pré-candidato do Novo, o rompimento com as velhas figuras é um esforço possível, mas deve partir do povo, por meio do voto. Edigar aponta que as alianças já são construídas muito antes da abertura das campanhas, quando os pré-candidatos começam a “vender tudo” em negociações e promessas de bastidores para que, quando eleitos, já não tenham poder nenhum, uma vez que cargos e projetos já estão acordados. Nesse cenário, Edigar aponta que o eleitor tem força, ao observar as “negociações da velha política” que, segundo ele, o Novo não faz.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.