Nelson Freire, um dos mais talentosos pianistas, morre aos 77 anos

O músico estava em casa e as causas da morte ainda não foram divulgadas

Considerado um dos maiores do mundo e detentor de vários prêmios, o pianista Nelson Freire, morreu na madrugada desta segunda-feira, 1º, aos 77 anos, no Rio de Janeiro. O músico estava em casa e as causas da morte ainda não foram divulgadas.

Mineiro de Boa Esperança, nasceu em 18 de outubro de 1944, e começou a tocar piano aos 3 anos de idade, vendo a irmã estudar o instrumento. Dois anos depois, ele fez seu primeiro recital, no Teatro Municipal de São João Del Rei.

O talento de Freire o levou à Europa com 12 anos para estudar com os melhores professores. Com 15, ele dava seus primeiros concertos.Ele foi consagrado pela crítica europeia, se apresentando com as melhores orquestras do mundo e se tornou um dos grandes intérpretes de Beethoven. Ele também era conhecido por ser um grande intérprete de Chopin.

A partir de 2001, começou a lançar grandes discos, como o dedicado à obra de Debussy. Ele também fez interpretações da obra de Villa-Lobos. Nelson Freire teve com a pianista argentina Martha Argerich sua grande amiga e parceira artística, com quem fez várias turnês e onde se apresentou em peças de dois pianos.

Em 2012, ele voltou ao palco de São João Del Rei onde fez seu primeiro concerto, após 62 anos. Em 2015, o escritor Ricardo Fiúza lançou um livro sobre a vida e obra de Nelson Freire. Os dois eram amigos desde os anos 1950. O resultado de mais de 20 anos de trabalho se transformou no livro “Nelson Freire: a pessoa e o artista”.

Em 2018, jovens da Orquestra Sinfônica da Baixada Fluminense acompanharam um ensaio do pianista no Theatro Municipal. Em 2019, quando completou 75 anos de vida e 70 anos de carreira, Freire lançou no dia do seu aniversário, em 18 de outubro, o disco “Encores”.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.