Multinacional russa do ramo de mineração pode investir em Goiás

Indústria especializada no beneficiamento de nióbio é capaz de processar até 7,2 mil toneladas por ano. Goiás é a segunda maior fonte desse minério em todo o País

Vice-governador e secretário de Desenvolvimento (SED), José Eliton recebeu comitiva | Foto: Divulgação

Vice-governador e secretário de Desenvolvimento (SED), José Eliton recebeu comitiva | Foto: Divulgação

O vice-governador e secretário de Desenvolvimento Econômico (SED), José Eliton (PSDB), recebeu em seu gabinete na tarde de quarta-feira (25), representantes de uma multinacional russa da área de mineração interessados em investir no Brasil. A Kanta LLC é líder mundial na produção de ferroligas.

A indústria, especializada no beneficiamento de nióbio, atualmente é capaz de processar até 7,2 mil toneladas por ano. Goiás é a segunda maior fonte desse minério, ficando atrás de Minas Gerais. Juntos os dois Estados concentram 100% da produção nacional.

Durante a reunião com os russos, José Eliton e equipe detalharam aos empresários as potencialidades do Estado e os programas de governo de atração de investimentos.

Na ocasião, o vice-governador também relatou o trabalho intenso que vem sendo realizado pela Secretaria de Desenvolvimento Econômico (SED), bem como pelo governo goiano, para que o Estado amplie parcerias, cresça no ranking de competitividade e dinamize ainda mais a sua economia.

“Essa é uma das políticas do governo Marconi Perillo e que já apresenta excelentes resultados”, disse ao citar o interesse de empresários estrangeiros em investir em Goiás.

O secretário de Desenvolvimento Econômico ainda reforçou a política do governo em firmar novas parcerias para a exploração de minérios no Estado. “Faremos o possível para que a planta industrial desta importante empresa venha, de fato, para nosso Estado. Assim, ampliaremos vagas de empregos formais, por exemplo, o que contribui com a qualidade de vida da nossa população”.

Ao vice-governador e à equipe da SED, os diretores da Kanta LLC, Aleksandr, Sergei e Dmitri, falaram das atividades da empresa na Rússia e sobre a necessidade de expansão dos negócios. De acordo com eles, fatores como logística e transporte, apoio do governo e infraestrutura causaram uma boa impressão ao grupo.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.