Mulher encontra unha em bombom de grande marca, em Goiânia

Consumidora postou foto no Facebook e tentou contato com o SAC da empresa, que alega ser “pouco provável” que material tenha sido inserido no processo de produção

Foto: Jornal Opção Online

Foto: Facebook / Jornal Opção Online

Atualizada às 16h50

Uma psicóloga goiana encontrou, na manhã desta segunda-feira (15/12), uma unha dentro de um bombom da marca Cacau Show. Em seu perfil no Facebook, A. V. — que prefere não se identificar — postou a foto do produto aberto com o seguinte comentário: “Pensei que o recheio fosse de brigadeiro, encontrei uma UNHA”.

De acordo com informações da mulher, o chocolate foi comprado na última sexta-feira (12/12), em uma das lojas da marca em um grande shopping da capital. Ela tem tentando falar com o Serviço de Atendimento ao Cliente (SAC), mas ainda não obteve sucesso. “A primeira vez falei com uma atendente, mas a ligação caiu. Agora só dá ocupado”, conta.

Em nota resposta ao Jornal Opção Online, a Cacau Show afirma que a empresa acha “pouco provável” que tal “material estranho” tenha sido inserido na trufa no processo de produção. Além disso, a Cacau Show divulgou uma série de exigências que a legislação determina, dentre elas “unhas da mão aparadas e curtas e sem esmaltes/bases, assim como fazer uso de luvas nitrílicas”, que são cumpridas rigorosamente pela fábrica.

A Vigilância Sanitária de Goiânia explica que, em casos como este, no qual o produto já foi aberto, não é possível fazer análise do mesmo. No entanto, Gisele Freitas, da divisão de Monitoramento da Qualidade da ViSa, explica que a cliente deve fazer a denúncia pelo 156. “Uma vez acionada, a fiscalização vai ao local, faz a coleta do lote do produto para que o laboratório central faça a análise”, afirma ela.

Ao mesmo tempo, a Vigilância Sanitária de onde o produto é fabricado é notificada para que vá à fábrica fiscalizar a produção. “É importante ressaltar que a Cacau Show é uma grande marca e que inúmeras variáveis podem ter acontecido, como sabotagem de funcionário ou falta de boas práticas. É preciso que haja uma análise”, finaliza Gisele.

A marca enviou uma nota resposta. Confira na íntegra:

Em resposta à manifestação da Sra. A. V., via Jornal Opção, de Goiânia, a Cacau Show informa que a marca prima pelo respeito a seus clientes e, por isso, tem como procedimento efetuar a substituição de todo produto questionado, independentemente de prévia avaliação. No entanto, antes mesmo de recolher o material e fazer uma análise técnica, a empresa pode afirmar que é pouco provável que esse material estranho tenha sido inserido na trufa durante o processo produtivo, senão vejamos:

A Cacau Show esclarece que sua fábrica conta com procedimentos e controles para a prevenção de contaminação cruzada causada por perigos físicos, químicos e biológicos. Especificamente em higiene pessoal, seguindo a legislação brasileira (RDC 275,2002), é obrigatório manter: uniformes limpos, calças compridas, camisas com mangas longas, sapato fechado, unhas da mão aparadas e curtas e sem esmaltes/bases, assim como fazer uso de luvas nitrílicas. Além disso, não é permitido o uso de adornos (brincos, pulseiras, relógios etc) e a empresa possui controles estabelecidos como filtros e peneiras em todas as linhas de produção. Também são realizados registros diários em relação a conduta para higiene pessoal, além de auditorias mensais para verificação dos procedimentos de boas práticas de fabricação.

O severo e rigoroso controle de qualidade da Cacau Show é aplicado em suas fábricas e também nas mais de 1.770 lojas franqueadas da rede.

Por fim, a Cacau Show reforça o posicionamento de sempre estar à disposição para ouvir seus clientes e sua preocupação contínua em aprimorar a qualidade de seus produtos e serviços.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.