MPE pede que Cartório Eleitoral reconheça decisão do MDB de cancelar parcialmente convenção de Itaberaí

Diretório nacional do partido decidiu anular decisão que coloca Welington Baiano como cabeça de chapa no município, após candidato ter direitos políticos suspensos

Welington Baiano, ex-prefeito de Itaberaí | Foto: Reprodução

Nesta quinta-feira, 1º, o Ministério Público Eleitoral (MPE) reconheceu decisão do Movimento Democrático Brasileiro (MDB), que decidiu anular parte da convenção partidária realizada no município de Itaberaí, que definiu pela candidatura de Welington “Baiano” Rodrigues da Silva. O diretório comunicou o Juízo da 15ª Zona Eleitoral, do Ministério Público Eleitoral (MPE).

O MPE ainda requereu que Cartório Eleitoral também reconhecesse as decisões do partido afim de resguardar a regularidade do pleito.

O caso

Com os direitos políticos suspensos, após condenações cíveis por prática de improbidade administrativa, o diretório nacional do MDB, sob liderança de Baleia Rossi, havia anulado, no último dia 21, parte da convenção de Itaberaí. A decisão é em relação aos atos da escolha de Welington Baiano como cabeça de chapa para a disputa municipal. No entanto, a sigla optou por manter a chapa de vereadores.

Baleia havia deixado sob responsabilidade do presidente estadual, Daniel Vilela, eleger o nome para substituir a candidatura Baiano.

Em uma reunião posterior, do último dia 24, ficou decidido pelo diretório estadual não lançar candidatos, mas integrar a coligação “Um Novo Olhar”, formada pelo PSC, Republicanos, PSL, Pode, PSC, PL, PRTB e PSDB.

O Jornal Opção entrou em contato com Welington Baiano, que afirmou que o corpo jurídico está à frente do processo e que a decisão cabe aos coordenadores do partido. Ainda disse acreditar que a situação está “previamente resolvida” e que deve permanecer candidato.

A redação também tentou contato com o presidente estadual da sigla, Daniel Vilela, mas até o fechamento desta matéria não obteve retorno.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.