Morre mais uma vítima da chacina em Aparecida de Goiânia

Morreu nesta terça-feira (30/12), dois dias após ser baleado, Augusto da Silva, de 23 anos. O jovem foi alvejado no último domingo (28), em uma casa na Chácara Himalaia, em Aparecida de Goiânia, após o fim de uma festa. Augusto estava internado no  Hospital de Urgências de Goiânia (Hugo) em estado grave, respirando com ajuda de aparelhos. Ele havia sido atingido na cabeça.

A morte é a quarta da chacina. Anderson Silva Lopes, de 29 anos, Adriane Conceição Felipe, 26 anos, e Windson Júlio de Sousa, de 23 anos, também faleceram após serem alvejados.

Os autores da chacina, ainda não identificados, tentaram entrar na festa mas foram impedidos pelo segurança, conforme o delegado Klayter Camilo, responsável pelo caso. Então, três homens voltaram – dois deles armados – alguns minutos depois procurando pelo segurança, que já havia ido embora. Em seguida, eles atiraram em direção das pessoas no local.

A quinta vítima da cachina, Jeferson Silva Lopes, foi atingida na perna, encaminhada para o Hospital de Urgências de Aparecida de Goiânia (Huapa), e liberada no início da tarde de domingo (28).

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.