Moradores do Setor Jaó fazem caminhada contra mudanças no Plano Diretor

Alterações teriam o poder de gerar alto impacto urbanístico no bairro

Parque Beija Flor | Foto: Mayara Carvalho

Moradores do Setor Jaó farão uma caminhada no próximo sábado, 29, para protestar contra mudanças no Plano Diretor, que tramita na Câmara Municipal de Goiânia. Essas alterações teriam o poder de gerar alto impacto urbanístico no bairro.

Segundo os moradores, a luta é para que o adensamento autorizado no Setor Jaó pelo novo Plano Diretor, mantenha a limitação da altura em 9 metros (m) nas construções e reduza o índice de aproveitamento do terreno para uma vez para uso residencial e uma vez e meia para uso comercial. Essas medidas, salientam, foram alteradas emendas.

Eles querem ainda que Rua da Divisa seja reclassificada como “via local”. Nas alterações do Plano Diretor a via consta como “eixo estratégico”. Essa mudança de classificação permitiria o aumento da via para 36 metros, o que, argumentam, não observaria afetaria a Área de Preservação Permanente que a Rua da Divisa corta.

Na mesma Rua da Divisa uma obra, cuja ordem de serviço já foi expedida, prejudicaria as nascentes do Córrego Jaó que estão a 5m da pista. Em uma via hoje com 7m, com projeto de caixa de Bueiro de 32m, soterrarão as nascentes de um importante afluente do Rio Meia Ponte.

Os moradores fizeram votação e 84% dos votantes são contra a obra.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.