Ministério Público deflagra operação contra empresários do ramo farmacêutico

Investigações revelaram esquema para fraudas cobrança de impostos, como empresas de fachada e uso de laranjas. Ao todo, são cumpridos 19 mandados

| Foto: Reprodução

Operação do MPGO é realizada em parceria com a Secretaria da Fazenda e com a Polícia Militar| Foto: Reprodução

O Ministério Público do Estado de Goiás (MPGO), em parceria com a Secretaria da Fazenda de Goiás e da Polícia Militar deflagraram a Operação Placebo Fiscal, que visa desarticular um esquema de crimes fiscais praticados por empresários do ramo farmacêutico de Goiás. Ao todo, são cumpridos 19 mandados: 4 de prisão temporária, 10 mandados de condução coercitiva e 15 mandados de busca e apreensão.

Segundo o MPGO, o grupo praticava vários crimes, como uso de empresas de fachada, laranjas e testas de ferro para sonegar impostos. As investigações apontaram que todas as grandes vendas de medicamento tinham sua carga fiscal transferida para empresas de fachada. Alguns dos mandados são cumpridos em São Paulo, porque farmácias paulistas eram destinatárias dos produtos destas farmacêuticas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.