Mesmo com blindagem em volta de Paço, movimento garante que protesto continua

Porta-voz do movimento em Goiás diz que intenção é mostrar desagrado da população

tapumes

Foto: Divulgação/ MBL

Após divulgação de imagens do Paço municipal cercado por tapumes, o Movimento Brasil Livre (MBL) em Goiás, disse ao Jornal Opção Online que o protesto em Goiânia, na próxima quinta-feira (19/3), contra a presidente Dilma Rousseff, continua. A petista vem à capital para lançar as obras do BRT Norte-Sul.

“Uma presidente que se esconde atrás de tapumes é uma vergonha”, disse o porta-voz do movimento em Goiás, Murilo Resende Ferreira, 33, que garante que não há estratégia. O economista sustenta que vê grande dificuldade no protesto, já que, de acordo com ele, não sabem o que a prefeitura preparou.

O porta-voz explicou que organizaram “panelaço”, “buzinaço”, e esperam que as pessoas adiram a ideia. Conforme Murilo, a intenção também é levar pessoas para o local, a fim de fazer um ato de desagrado, totalmente pacífico. “Vão chegar lá com 3 mil comissionados de ônibus, vai ser uma beleza. Queremos mostrar que tudo é uma farsa”, assegurou.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.