Mercosul decide suspender Venezuela por tempo indeterminado

Informação publicada pela Folha de S. Paulo revela que chanceleres do bloco votaram por uma nova suspensão 

Chavismo marcha em favor do governo na Venezuela | Foto Carmen Meléndez‏/gestionperfecta

O Mercosul decidiu, neste sábado (5/8), suspender por tempo indeterminado a Venezuela do bloco (formado também por Brasil, Argentina, Uruguai e Paraguai) e fez um apelo para que o país inicie uma transição política imediata. A informação foi publicada pela Folha de S. Paulo.

Os chanceleres se reuniram e deliberaram que a Venezuela violou a ordem constitucional e que a suspensão seguirá até que os presos políticos sejam libertados, a Assembleia Constituinte dissolvida e a democracia “restaurada” no país.

Desde abril, a Venezuela vive uma onda de manifestações a favor e contra o governo, muitas delas violentas e que já deixaram cerca de 100 mortos e mais de mil feridos.

O governo Maduro deu posse na última sexta-feira (4) a uma nova Assembleia Nacional Constituinte, que a oposição não aceita.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.