Mercados Municipais de Goiânia poderão ter delivery

Solicitação foi do vereador Emilson Pereira (Patriota) que entende que atividade é similar com feiras livres

Mercado Municipal de Goiânia | Foto: Reproduçãom

Parecer da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico, Trabalho, Ciência e Tecnologia (Setec), publicado na tarde da sexta-feira, 17, diz que permissionários dos Mercados Municipais de Goiânia estão autorizados a retornar as atividades em modalidade delivery.

Conforme o documento da Setec, se tratando de Mercados Municipais de Goiânia, abertura deve ser feita na modalidade delivery, desde que sejam estabelecidas, através de instrução normativa, regras, métodos e procedimentos para que haja uso de máscaras, distanciamento, fornecimento de álcool gel, horário de funcionamento restrito e outras práticas necessárias para evitar a contaminação do novo coronavírus.

Porém, ainda segundo o documento, fica vedado o funcionamento de restaurantes e consumo de produtos no local e a disponibilidade de mesas e cadeiras para frequentadores.

O vereador Emilson Pereira (Patriota), que solicitou a volta do funcionamento, explica que fez o pedido depois que o Governo de Goiás emitiu um decreto flexibilizando a abertura de alguns estabelecimentos, como as feiras livres.

“Até porque desde o primeiro decreto de quarentena por causa do coronavírus todos os restaurantes da cidade atendem de forma delivery, com os mercados municipais não poderia ser diferente”, comenta.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.