Médicos ganham plataforma para denunciar falta de materiais e estrutura no combate ao coronavírus

Interface foi disponibilizada pelo Conselho Federal de Medicina (CFM) para que departamentos fiscalizadores do CRM realizem vistorias em unidades de saúde

Foto: Warley de Andrade / Agência Brasil

O Conselho Federal de Medicina (CFM) disponibizou uma plataforma online onde médicos que atendem pacientes com o novo coronavírus podem denunciar falta de materiais e estrutura em hospitais, tanto da rede pública como privada, postos de saúde, prontos socorros, e unidades de pronto atendimento.

A plataforma está no ar desde essa segunda, 30, e quer saber quais dificuldades das unidades na realização de exames, triaagem, falta de profissionais e falta de equipe de apoio. Problemas de infraestrutura, não fornecimento de equipamentos de proteção (EPIs), como máscaras, luvas, aventais, gorros, protetores faciais, itens obrigatórios para aqueles que estão na linha de frente no combate ao coronavírus.

O sistema irá processar as denúncias e o CFM encaminhará aos departamentos de fiscalização dos Conselhos Regionais de Medicina (CRMs). “Com base nessas informações, os CRMs tentarão solucionar os problemas junto aos gestores locais e poderão realizar fiscalizações”, informou o conselho por meio de nota.

Para acessar a página, clique aqui.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.