Marconi ressalta crescimento de Goiás em encontro com empresários

Encontro do Conselho Consultivo World Trade Center ocorreu em São Paulo. Governador destacou benefícios de sua gestão na contenção dos efeitos da crise no estado

| Foto: Lailson Damasio

Marconi: “Em plena crise econômica que atravessa o País, temos em Goiás investimentos acontecendo” | Foto: Lailson Damasio

O governador Marconi Perillo (PSDB) participou, nesta sexta-feira (21/8), de uma reunião em um dos maiores clubes de negócio do Brasil. No encontro do Conselho Consultivo World Trade Center, que ocorreu em São Paulo, Marconi falou sobre o mercado goiano para mais de 50 empresários de todo o país.

Marconi aproveitou a oportunidade para exaltar a situação econômica de Goiás, dizendo que o estado deve fechar o ano com crescimento, mesmo com a crise que o país enfrenta. O governador afirmou que, desde que assumiu o governo pela primeira vez, em 1998, o PIB cresceu oito vezes, as exportações dez vezes e milhares de empregos foram criados.

Segundo ele, isso é resultado das ações administrativas de sua gestão. “Antes, eram poucas oportunidades para as pessoas, para as empresas e uma infraestrutura e uma logística atrasadas e sucateadas. Sabíamos que podíamos crescer. Buscamos inovar, fazendo mais com menos. Modernizamos a máquina administrativa e passamos a encarar a iniciativa privada como parceiros para atingir nosso objetivo de desenvolvimento”, disse ele.

Um dos pontos abordados por Marconi na reunião foi o modelo de gestão de Organizações Sociais (OSs). Ele ressaltou que a aplicação das OS nas escolas é uma tentativa de melhorar as notas dos alunos da rede pública, que, para ele, são baixas – mesmo que Goiás tenha atingido boas notas no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) do Ministério da Educação.

Outros aspectos ressaltados por Marconi foram os incentivos fiscais promovidos pelo governo, além da política de fomento e captação de novos negócios. “Tivemos R$ 1,5 bilhão de investimentos confirmados nos últimos 12 meses. Em plena crise econômica que atravessa o País, temos em Goiás investimentos acontecendo”, ressaltou ele.

“É claro que não somos uma ilha. Também sofremos os efeitos da crise. Mas procuramos contorná-los com criatividade e sensibilidade”, finalizou Marconi. Também estavam presentes na reunião o ex-presidente do Banco Central, Gustavo Loyola, e o presidente da Cielo Brasil, Rômulo Dias,

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.