Marconi Perillo afirma que Iris Rezende não fez o que deveria ter feito pela Segurança Pública

Violência tem pautado os debates dos candidatos ao governo de Goiás. Desta fez o tucano criticou a última gestão do peemedebista e disse que o armamento da polícia e as viaturas eram da pior qualidade

Untitled 1

O tucano respondeu perguntas de estudantes da Região Noroeste de Goiânia| Foto: Marco Monteiro

Na noite desta sexta-feira (29/8) o governador e candidato à reeleição Marconi Perillo (PSDB) participou de encontro com 2 mil jovens estudantes na Região Noroeste de Goiânia.  Na ocasião o tucano apresentou políticas públicas de seu governo voltadas para a juventude, respondeu questionamentos de cinco  representantes do público e rebateu criticas da oposição.

“Vamos sempre ouvir suas reivindicações e promover uma política participativa. O jovem não aceita estar apenas ‘do outro lado’. Ele quer ser protagonista e é por isso que estamos aqui”, disse o governador abrindo o evento.

Em pouco mais de um mês antes do pleito eleitoral, os índices de criminalidade e a segurança pública pautam os debates dos candidatos ao governo de Goiás. O encontro com os estudantes não foi diferente e houve questionamentos com relação aos investimentos da área. O tucano explicou que, entre outras ações, a sua gestão ampliou os efetivos das Polícias Civil e Militar e que disponibilizou recursos para modernização e compra de novos equipamentos, além de investimentos em serviços de inteligência, de tecnologia de informação e em investigação.

No debate, Marconi Perillo voltou a criticar os adversários que têm usado o assunto de forma demagógica. “Temos ouvido por aí promessas mirabolantes, como a de dobrar o efetivo da Polícia Militar logo nas primeiras semanas de mandato. Mas quem diz isso já foi governador de Goiás e não fez o que devia ter feito, uma vez que o armamento e as viaturas eram da pior qualidade possível e os profissionais eram desvalorizados”, disse ele, se referindo ao decano peemedebista Iris Rezende.

Outro ponto alto do debate foi a educação. O tucano lembrou que, de 2012 até agora, mais de mil unidades educacionais da rede pública estadual foram reformadas por meio do programa “Nossa Escola”, que repassou recursos diretamente para os Conselhos Escolares, responsáveis por decidir como a verba seria aplicada.

A saúde no Estado também foi um dos assuntos debatidos no encontro. A gestão dos hospitais estaduais pelas Organizações Sociais (OSs) foi elogiada por alguns estudantes. O tucano citou como benfeitoria da área a construção do novo Hospital de Urgências de Goiânia (Hugo 2), que vai atender a região Noroeste e pretende desafogas as outras unidades de saúde da capital. A obra teve um custo total de R$ 150 milhões e segundo a Agência Goiana de Transportes e Obras (Agetop) está com mais de 90% concluída, tendo previsão de inauguração antes do final deste ano.

Uma resposta para “Marconi Perillo afirma que Iris Rezende não fez o que deveria ter feito pela Segurança Pública”

  1. Avatar Flávio Isac disse:

    O Marconi não tem direito algum de falar de segurança pública, pois as armas dos policiais hoje não são diferentes das passadas, a unica melhoria em armas foram as dos bandidos, esse Marconi é um hipócrita.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.