Marconi Perillo apresenta potencialidades de Goiás a empresários franceses

Governador se reuniu com delegação empresarial no primeiro dia de atividades da missão comercial na Europa

Foto: Assessoria de Imprensa do Governador Marconi Perillo

Foto: Assessoria de Imprensa do Governador Marconi Perillo

O governador de Goiás, Marconi Perillo (PSDB), apresentou as vantagens de investir e as potencialidades da economia goiana a cerca de 50 empresários franceses durante reunião realizada nesta segunda-feira (9/2) na Câmara de Comércio Brasil-França, em Paris, na França. Marconi destacou o fato de a economia de Goiás continuar se expandindo mesmo em meio ao cenário de recessão do País, garantindo que isso se deve à política de incentivos fiscais adotada pelo governo estadual.

Durante fala de abertura do encontro, Philippe Lecourtier, presidente do Conselho de Administração da Câmara, destacou a localização privilegiada do território goiano e afirmou que a visita da comitiva goiana é essencial para que a Europa conheça as potencialidades de regiões fora do eixo Rio-São Paulo.

Marconi citou em sua apresentação os setores agropecuário, agroindustrial, automotivo e de mineração como destaques da economia goiana. O governador ainda mencionou o segmento sucroalcooleiro, enfatizando o crescimento da produção de etanol nos últimos anos. Ele afirmou que a prioridade do governo para atrair investimentos nacionais e internacionais para Goiás fez com que o Produto Interno Bruto (PIB) do Estado aumentasse de R$ 17,4 bilhões em 1998 para mais de R$ 140 bi em 2013.

Missão Comercial

O primeiro compromisso da comitiva goiana na capital francesa, antes mesmo da apresentação na Câmara de Comércio, foi uma visita técnica ao sistema do Veículo sobre Trilhos (VLT) de Paris. Eles também estiveram em uma garagem de manutenção da Alstom, empresa que monta os trens do VLT parisiense. O governador percorreu seis estações da linha operada pela Alstom durante uma viagem de 15 minutos pelo sistema.

A delegação goiana foi recebida pelo presidente da Alstom Brasil, Philippe Ranadaut, e por dirigentes e técnicos da empresa, que fizeram uma explicação detalhada sobre o sistema. Perillo fez vários questionamentos para se inteirar sobre o processo de implantação do VLT.

De acordo com a Alstom, o sistema que será implantado em Goiânia será um dos mais modernos do mundo e servirá de referência para a América Latina. Os trens que vão fazer parte do consórcio do VLT na capital goiana, que substituirá o Eixo Anhanguera, serão fornecidos pela Alstom. O projeto prevê 60 unidades rodantes, com capacidade para transportar até 600 passageiros cada, em uma velocidade média de 24 km/h.

Devido aos novos investimentos da empresa no Brasil, a Alstom planeja montar uma nova fábrica no país. Marconi aproveitou a oportunidade para conversar sobre a possibilidade desse novo projeto ser construído em Goiás.

Após a visita técnica, o governador e a comitiva se reuniram com o embaixador do Brasil na França, José Maurício Bustami, e com parlamentares da Comissão Parlamentar da Amizade Brasil-França. Ainda na noite desta segunda-feira, o governador e a comissão seguem para Roma, na Itália, onde cumprirão a segunda parte da missão comercial na próxima terça-feira (10/2) em reuniões com empresários e parlamentares italianos.

Deixe um comentário