Marconi diz que suas palavras são de gratidão, respeito e carinho aos policiais goianos

Coronel Silvio Vasconcelos Nunes assume o comando da PM no lugar do coronel Divino Alves de Oliveira

Troca de comando da PM | Foto: Fernando Leite

O governador de Goiás, Marconi Perillo (PSDB), foi recebido pelas forças policias que lotaram a Academia da Polícia Militar, no Setor Universitário, e demonstraram ânimo redobrado para cumprir as determinações do coronel Silvio Vasconcelos Nunes, que assumiu o comando da PM no lugar do coronel Divino Alves de Oliveira.

Marconi pontuou que as palavras que vinham à mente, na cerimônia eram: “Gratidão, respeito e carinho aos profissionais que deixam os cargos e aos que chegam para incrementar a nossa equipe”. E frisou que “a Polícia Militar é uma das mais respeitadas do Brasil”, e que seus governos “colaboraram para que essa polícia fosse respeitada, prestigiada, apoiada, valorizada, e tivesse condições operacionais de trabalho”.

As mudanças na cúpula da segurança começaram com a posse do novo secretário de Segurança Pública, Irapuan Costa Júnior, no lugar de Ricardo Balestreri. “O Coronel Divino Alves fez um trabalho muito importante, e nós vamos buscar, casa vez mais, com o novo comandante, o coronel Vasconcelos, dar mais o conforto e a segurança que a população de Goiás tanto merece”, destacou Irapuan.

O coronel Divino Alves de Oliveira disse que dedicara dois anos de sua experiência ao Comando Geral da PM e hoje tem “a certeza do dever cumprido”. Segundo ele, deixa o cargo com “indicadores extremamente positivos, com a redução em todos eles”, ao se referir ao combate a todo tipo de crime. Em seu discurso, o Coronel Divino agradeceu ao governador Marconi Perillo “que me permitiu tamanha honra, de comandar a Polícia Militar do Estado de Goiás”.

Ao dirigir-se a Marconi Perillo ele assinalou que “foi fácil cumprir minha missão sabendo que o senhor estava na retaguarda, valorizando os nossos policiais com reajustes salariais, com equipamentos de ponta, com novos armamentos e novas viaturas”.

Para o coronel Silvio Vasconcelos, agora comandante geral, a sociedade pode esperar dele “um comandante dedicado para servi-la, que fará de tudo para prevenir a criminalidade”, e disse sentir-se honrado pela confiança depositada no seu trabalho pelo “governador Perillo e pelo vice José Eliton”.

“Nossa missão é garantir qualidade de vida ao cidadão que levanta cedo, que pega ônibus, ao empresário e ao estudante com um policiamento de aproximação”, explicou o Coronel Vasconcelos, observando que não vai dar trégua aos criminosos: “Nós seremos legalistas e duros com quem persistir em viver à margem da lei”.

O vice-governador Zé Eliton disse que “este é um momento de agradecimentos pelos bons serviços prestados ao povo de Goiás” pela Polícia Militar, e “às profundas mudanças” que Marconi Perillo “implementou na segurança pública, pelos resultados alcançados e pelas pegadas que eu vou seguir”. Do novo comandante, disse esperar “ainda mais empenho para garantirmos segurança e qualidade de vida aos goianos de bem”.

Prestigiaram também a cerimônia o secretário de Assuntos Estratégicos, Ricardo Balestreri; o comandante do Corpo de Bombeiros, coronel Carlos Helbingen; parlamentares, entre eles os deputados estaduais Santana Gomes (PSL) e Lucas Calil (PSL); prefeitos; comandantes de batalhões e familiares dos policiais militares.

Deixe um comentário